PRINCÍPIO DA ATRAÇÃO N.º 7

Padrão
Aja como se fosse um prêmio e ele acreditará.

Outra forma de se rebaixar é comparar-se a outra mulher. Por- tanto, nunca deixe transparecer quando se sentir ameaçada por uma beldade. Se você quiser fazer com que uma mulher nota 6 passe a valer 12, basta demonstrar que se sente ameaçada. Se você se mantiver tranqüila e segura – mesmo que por dentro a presença dela a ameace –, seu acompanhante ficará fascinado porvocê. E, então, algo curioso acontecerá. De repente, a outra mulher não parecerá tão ameaçadora. O poder que ela tem é o que você lhe dá.

Uma amiga chamada Samantha foi convidada por um rapaz que acabara de conhecer para assistir a uma luta de boxe. No in- tervalo entre os rounds, uma mulher sensual, quase nua, en- trava no ringue segurando uma placa com um número. O rapaz olhou para a moça e, em seguida, virou-se para ver a reação de Samantha. Ela agiu com naturalidade, sorrindo para ele. E con- tinuou com a mesma postura todas as vezes que a mulher apa- receu: serena, como se a outra nem existisse. No final do ter ceiro assalto, seu parceiro já nem prestava atenção na mulher semi- nua.

Ele ficou tão fascinado por Samantha que, no trajeto até a casa dela, não parou de dizer como a achava incrivelmente linda. O relacionamento prosseguiu e se solidificou.

Minha amiga agiu de maneira exemplar, mas não se pode dizer o mesmo do comportamento do rapaz. No caso de Sa- mantha deu certo, mas geralmente um homem que, no pri meiro encontro leva a mulher a um local onde há nudez

feminina está passando a mensagemde que não pretende ficar com ela por muito tempo.

Se o seu novo parceiro a convidar para ir a umdesses lugares, fique atenta.

E, sobretudo, não se sinta impelida a competir com outra mulher. Seja você mesma em qualquer ambiente. Além disso, não se esforce para atrair um homem sexualmente. A coisa mais fácil que existe é deixar um homem excitado, mas isso não gera relacionamentos duradouros. A questão não é excitá-lo. É ele se manter assim depois de se satisfazer. Esse é o ponto essencial.

Homens de qualidade são atraídos por menos, não por mais. Atitudes discretas são mais estimulantes do que grandes exibições. Discrição não significa falta de beleza ou ausência de uma pitada de provocação. Se um homem vê uma mulher elegante de terninho e coque, já começa a imaginar como ela ficará com o cabelo solto e sem tanta roupa. Volto a afirmar: a parte mais difícil não é despertar o interesse masculino, é saber mantê-lo.

Muito do processo de construção de um relacionamento só lido depende do seu autocontrole.

Dedique-se, seja compa- nheira, mas não exagere. Não telefone demais, não passe horas na cozinha fazendo um banquete para ele nem se vista de ma- neira excessivamente provocante. Lembre-se: se você vender a alma para manter um relacionamento, vai ter que pagar a conta depois.

À medida que o relacionamento se aprofundar e você ad quirir confiança, vai se sentir mais segura para saber que atitu- des tomar. Talvez queira se vestir de maneira mais sensual, preparar pratos especiais, inventar novidades excitantes na cama. Mas aí ele saberá que você faz isso porque o ama e se sente amada e quer presenteá-lo com suas atenções e cuidados. Não se deixe influenciar pelos anúncios na televisão. A mulher que mantém o interesse masculino não é a que se sente con fiante por causa de uma minissaia, um piercing no umbigo ou um vestido preto com decote profundo. A mulher poderosa não se fia nesses detalhes para se sentir bem com ela mesma. Ela confia no seu valor como mulher.

“Ele tem que me aceitar como eu sou!”, diz a mulher boazinha. Aceitar? De jeito nenhum, amiga. Acorde. Ele tem é que ser louco por você. Aceitação não tem nada a ver com isso. Ele aceita um capacho. Mas deseja a princesa encantada. Se você quer aceitação, procure um grupo de auto-ajuda. Estamos fa- lando do que o faz suspirar. Tudo começou quando ele era criança. Quando recebeu de presente de Natal algo que não pediu e com o qual brincou por cinco minutos. O brinquedo que ele amava era aquele que ficava lá na última prateleira da loja e com o qual ele sonhava. Foi preciso juntar meses de me sada para comprá-lo. E é desse que ele sempre se lembrará, por que teve que fazer por merecê-lo.

Vamos novamente comparar as situações:

Ela:  “Estou fazendo tudo o que posso para conquistá-lo.”

Ele: “Ela está se esforçando demais. Está desesperada.”

Ela: “Quero ser franca e direta.”
Ele:  “Ela fala demais.”

Ela:  “Estou cuidando dele.”

Ele: “Ela quer ser minha mãe.”

Ela: “Estou me doando totalmente  para que tudo dê certo.”
Ele: “Ela é boazinha mas cansativa/ Falta química entre nós.”
ELA TEMBOROGODÓ:
Borogodó significa “atrativo pessoal irresistível”, aquele algo especial que não se sabe bem descrever. Que qualidade é essa? É a da mulher segura de si, que se sente confortável na própria pele e que dificilmente alguém consegue perturbar. E se consegue, ela administra bem a perturbação.

Isso não tem nada a ver com aparência. Há inúmeras mu- lheres belíssimas que são dispensadas todos os dias. Também não se trata simplesmente de inteligência. Mulheres de todos os tipos, das mais brilhantes àquelas com um QI mediano, podem fazer ou não sucesso. O segredo está no fascínio que você causa, no mistério que evoca.

Quando você perde a capacidade de criarfaís ca, o relaciona- mento perde ofogo. Pense na relação como se fosse um palito de fósforo. Você é a superfície áspera da caixa. Quando essa su- perfície se desgasta, é muito mais difícil acender o fósforo.

Por exemplo, o homem diz: “Preciso de um tempo para pen- sar.” A boazinha responde, aos prantos: “Por favor, não me deixe.” A poderosa concorda e, por mais que sofra, mantém a se- renidade. Pode até se oferecer para ajudá-lo a fazer as malas. Por quê?

A. Ela gosta de ajudar.
B. Ele não sabe fazer as malas sozinho.
C. Ela gosta dela mesma.

Dica: Acertou quem respondeu C. Como gosta dela mesma,

a mulher poderosa não deseja ficar ao lado de alguém que não a queira. Ela não se joga aos pés do homem e implora que ele fique. Ela se respeita – e respeita a decisão do parceiro. Não perde o equilíbrio e permanece no controle da situação. E, assim, encanta o companheiro, reavivando o relacionamento.

Você já observou que muitas vezes, quando está ocupada ou entretida com algo de seu interesse, seu parceiro vem beijá-la no pescoço e tenta chamar sua atenção? Vire o rosto, sorria e volte a se concentrar no que estava fazendo. Ele vai ficar curioso. Mas, se você sempre largar todos os seus afazeres para transformá-lo no centro das suas atenções, é muito provável que ele desapareça.
– Sherry Argov em Porque os homens amam as mulhares poderosas –

Uma resposta »

  1. Coitados! Como eles são burros! Eles amam as poderosas simplesmente porque elas não os amam! Se uma mulher ama um homem, ela vai ligar para ele, ela quer agrada-lo, quer estar junto com ele, tem medo de perde-lo! E a poderosa não liga, não vai atrás, não se esforça simplesmente porque não o ama! As mulheres poderosas deixam de ser poderosas e se tornam boazinhas quando se apaixonam de verdade! E os homens deveriam aprender a valorizar esses esforços, esse carinho verdadeiro… mas enquanto não aprendem, nós, as boazinhas, vamos ser felizes solteiras, porque não precisamos de homem para sermos felizes!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s